Arquivo diários:12/12/2013

 

PESSOAL, sou a Monitora Juliana Betti e dou aula no NURAP – Quallyleste na Zona Leste, Vila Carrão e hoje vivo um momento de extrema felicidade, orgulho e certeza da escolha correta! Quando escolhi ser professora muitos me chamaram de louca, não vou negar que já tive meus momentos de fraqueza, mas quando vivencio momentos como o de hoje, vejo que cada momento valeu a pena!

 

 

 

Após uma aula sobre protagonismo juvenil a turma de Quarta (4ª feira) do polo Zona Leste assumiu como propósito para este ano, fazer o Natal de 2 crianças mais feliz e adotaram 2 cartinhas dos correios! Todos se mobilizaram, arrecadaram dinheiro, pesquisaram preços, compraram os presentes e hoje fomos realizar a entrega na agência. Estou muito orgulhosa de todos e como disse para eles e na postagem que fiz… “Tenham a certeza que o maior presente quem recebeu foi eu! Vocês são incríveis!!”

 

 

 

NOTA: Realizada há mais de 20 anos, a campanha Papai Noel dos Correios é uma das maiores ações sociais natalinas do Brasil. Desenvolvida em todas as 28 diretorias regionais da ECT, tem por objetivo principal o envio de carta-resposta às crianças que escrevem ao Papai Noel. Além de estimular a redação de cartas manuscritas pelas crianças, a campanha incentiva a solidariedade dos empregados e da sociedade.

 

 

 

Desde 2010, a campanha passou a contemplar, além das cartas oriundas das crianças da sociedade, as cartas de crianças de escolas, abrigos, núcleos socioeducativos e creches. Dessa forma, a campanha alinha-se a um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, Educação Básica de Qualidade para Todos, e, por conseguinte, associa-se a preceitos de responsabilidade social empresarial.

 

 

 

Essa vinculação configura uma importante iniciativa de convergência da atuação da ECT em prol da educação, sendo as crianças em situação de vulnerabilidade social as principais beneficiadas. Desenvolver a habilidade da redação de carta, de como endereçar, o uso do CEP (Código de Endereçamento Postal) e do selo postal são ações trabalhadas nas escolas, visto que um dos problemas recorrentes em anos anteriores era a impossibilidade de seleção /adoção da carta, em razão de endereços incorretos, ausentes ou ilegíveis. Trabalhar com as crianças o poder da comunicação por meio da redação de cartas ao Papai Noel significa estimulá-las a aprender, com o resgate do prazer em escrever.

foto01