Contratar LGBT (Inclusão no trabalho)

“Se quisermos alcançar um progresso global mais rápido rumo à igualdade para lésbicas, gays, bissexuais, travestis, pessoas trans e intersexo, o setor privado não apenas terá de cumprir com suas responsabilidades de direitos humanos, mas também de tornar-se um agente ativo de mudança” – Zeid Ra’ad Al Hussein, Alto Comissário de Direitos Humanos da ONU.

O desafio vai além de estar preparado para recrutar pessoas da comunidade LGBTQI+, as organizações precisam estar preparadas para a diversidade.

A diversidade gera conhecimento e inteligência, mas isso só é possível em ambientes que respeitam a forma de ser de cada um.

 

Como contratar LGBT?

 

No momento de criar uma descrição de cargo, inicie o processo pensando no conceito amplo de diversidade, pense no perfil comportamental, o que pensam a respeito desta posição? É possível flexibilizar alguma competência para promover a inclusão neste recrutamento?

Faça perguntas profissionais, como formação, objetivos, habilidades, experiência, realizações, interesses e questões que sejam especificas da vaga.

Nunca pergunte o nome de registro do entrevistado, respeite o nome social.

Caso a empresa mande feedback para os candidatos, deve atentar a dizer que não foi possível seguir para a próxima etapa devido a falta de alguma competência para a vaga, é importante que esse feedback seja claro e especifico sobre competências, o LGBTQI+ acaba recebendo muitas negativas baseadas em sua orientação sexual e/ou identidade de gênero, por isso é muito importante para o candidato esse feedback claro, assim pode se desenvolver e melhorar suas habilidades e conhecimentos.

Sua empresa pode contratar o NURAP (Núcleo de Aprendizagem Profissional e Assistência Social), para auxiliar contratação, oferecer maiores informações e assistência na inclusão, já que contamos com ampla experiência com a inclusão e capacitação do público LGBTQI+.

 

Compromissos da empresa com a causa:

 

  • Respeitar os direitos humanos de funcionários, clientes e membros da comunidade LGBTQI+ em suas operações e relações comerciais e desenvolver políticas e mecanismos para monitorar e comunicar o descumprimento das normas de direitos humanos.
  • Acabar com a discriminação contra as pessoas LGBTQI+. As empresas devem garantir que não haja discriminação no recrutamento, na contratação, nas condições de trabalho, nos benefícios, na privacidade ou em situações de assédio.
  • Apoiar Indivíduos LGBTQI+ sendo funcionários, gerentes, empresários, clientes e membros da comunidade, entre outros.
  • Prevenir outras violações de direitos humanos. As empresas devem garantir que fornecedores, distribuidores ou clientes LGBTQI+ não sejam discriminados no acesso aos seus produtos e/ou serviços.
  • As empresas devem garantir também que seus parceiros comerciais não pratiquem discriminação. Quando um deles discriminar pessoas LGBTQI+, as empresas devem usar de sua influência para impedir o ato discriminatório, ir além de evitar a discriminação para abordar questões de violência, bullying, intimidação, maus tratos, incitação à violência e outros abusos contra pessoas LGBTQI+.

 

Conheça o Projeto Ultrapassando Horizontes

https://www.youtube.com/watch?v=YaYDRTxT9ZM&t=4s

 

Profissionais LGBTQI+ NURAP

 

Contrate Profissionais LGBTQI+

(11) 2344 – 2459

agata@nurap.org.br